21/12/2012

Filetes de pescada com cenoura, nabo e cebola

Aqui está uma maneira de fazer filetes de pescada com vegetais, que fica saborosa e agradável à vista.

A acompanhar com arroz cozido com a água de cozer o peixe, fica ainda melhor.


Filetes de pescada com cenoura cebola

Arroz cozido com caldo de peixe

Filetes de pescada com cenoura e cebola

Ingredientes:
1 embalagem de filetes de pescada
3 cenouras
1 cabeça de nabo
2 cebolas
3 dentes de alho
azeite
vinagre de sidra
pimenta
noz-moscada
sal

Preparação:
1.
Cozer os filetes de pescada em água com sal.
2. Num tacho com azeite no fundo, colocar a cebola e os picados, as cenouras à rodelas e o nabo às lascas. Temperar de sal, pimenta e noz-moscada. Levar ao lume com testo e deixar cozinhar os vegetais, mexendo ocasionalmente para envolver.
3. Retirar os filetes da água e reservar a água, para confeccionar o arroz. Desfazê-los em lascas e juntar aos vegetais. Adicionar vinagre a gosto e envolver. Servir com arroz confeccionado com a água de cozer o peixe.

Sopa de couve-galega, feijão-frade e nabo

A couve-galega cortada para caldo verde pode ter outras utilizações. Resolvi usá-la numa sopa, com feijão frade e nabo, que ficou deliciosa

Sopa de couve-galega, feijão-frade e nabo
Sopa de couve-galega, feijão-frade e nabo

Ingredientes:
1 courgette grande
1 frasco de vidro de feijão-frade
3 cenouras
1 cebola
1 cabeça de nabo
175g de couve-galega cortada fina (como para caldo verde)
3 dentes de alho
azeite
água
sal

Preparação:
1.
Colocar numa panela a courgette sem casca, partida aos cubos, 1 cenoura, metade do feijão-frade, a cebola, os alhos e cobrir com água. Temperar com azeite e sal e ferver durante 10 minutos.
2. Passar com a varinha mágica e acrescentar as cenouras e o nabo partidos em cubinhos pequenos, a couve e o resto do feijão-frade.
3. Deixar ferver até cozer a couve e está pronta.

15/12/2012

Sopa de feijão, cenoura e nabo


Estamos na altura dos nabos e numa sopa com feijão ficam deliciosos. Não resisti a fazer esta sopa de Inverno que consola o espírito! 
ficou deliciosa!

Sopa de feijão, cenoura e nabo


Sopa de feijão, cenoura e nabo

Ingredientes:
1 frasco de vidro de feijão manteiga cozido
4 cenouras
2 abobrinhas Patty Pan (ou Patisson) (pode substituir por courgette)
1 nabo
1 cebola
3 dentes de alho
1 chávena de massa meada partida
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Descascar os vegetais e lavar. Colocar numa panela partidos em pequenas porções as 3 cenouras, a cebola, os alhos e as abobrinhas Patty Pan. Juntar metade da quantidade de feijão. Cobrir de água, juntar um fio de azeite e sal e deixar cozer durante 15-20 minutos.
2. Passar com a varinha mágica e adicionar a cenoura e o nabo partidos em pequenos cubos, o resto do feijão e a massa. Deixar ferver 15 minutos e está pronta.

12/12/2012

Vegetais e alheira gratinados

A chegada do frio, convida a pratos com utilização de enchidos. A alheira é um bom aliado para dar largas à imaginação. Há que aproveitar também os chuchus e os cogumelos que estão na sua época. Como ainda há beringelas, é mais um ingrediente a usar. Uns espinafres e a cebola deram mais um contributo. A combinação resultou fantástica. Um arroz de açafrão a acompanhar deu o toque da côr.

Vegetais e alheira gratinados

Vegetais e alheira gratinados

Ingredientes:
2 alheiras de Trás-os-Montes
1 chuchu
1 embalagem de cogumelos frescos laminados
1 beringela
150g de espinafres
3 cebolas
4 dentes de alho
azeite
sal
pimenta
noz-moscada
½ l de leite
2 colheres de sopa de margarina de cozinha
3 colheres de sopa de farinha
queijo ralado

Preparação:
1.
Descascar o chuchu e parti-lo em 4 no sentido longitudinal. Em seguida, cortar em pequenas fatias para um tacho onde previamente se colocou um pouco de azeite. Fazer o mesmo com a beringela. Adicionar as cebolas partidas em meias luas, os alhos, os cogumelos e deixar cozinhar até os vegetais estarem cozidos. Juntar os espinafres um pouco antes de terminar.
2. Verter todo o conteúdo, sem molho, para um tabuleiro de ir ao forno.
3. No mesmo tacho, colocar as alheiras sem pele, partidas e deixar aquecer mexendo, para as desfazer e envolver no molho.
4. Dispôr o conteúdo sobre os vegetais.
5. Preparar o molho branco e verter sobre a alheira. Polvilhar com queijo ralado e levar ao forno.

10/12/2012

Massa chinesa com carne picada

Às vezes apetece-me comida chinesa, mas não aquela cheia de gordura que servem nos restaurantes. Atrevo-me a ensaiar alguns pratos, bem mais saudáveis. O sabor é óptimo. Desta vez fiz massa chinesa com carne picada e vegetais.

Massa chinesa com carne picada

Massa chinesa com carne picada

Ingredientes:
500 g de carne de porco picada 
3 cenouras
3 dentes de alho
1 lata de rebentos de bambu
1 cebola grande às lascas
1 embalagem de massa chinesa
azeite
molho de soja
pimenta
sal
água

Preparação:
1.
Num tacho, colocar azeite no fundo, alho picado e a carne picada. Deixar cozinhar, até a carne perder o aspecto cru.
2. Adicionar as cenouras às rodelas, os rebentos de bambu, a cebola partida em meias luas, o molho de soja a gosto, pimenta branca moída na hora e sal. Ter em atenção que o molho de soja já tem sal. Deixar cozinhar levemente os vegetais de modo a que fiquem estaladiços.
3. Juntar água a ferver até ao nível do conteúdo do tacho e a massa chinesa. Deixar ferver mais 5 minutos e está pronta.

05/12/2012

Papas doces de abóbora

No Outono é tempo de papas de abóbora. Doces como sobremesa ou salgadas a acompanhar peixe, sardinha assada ou peixe frito lembram os tempos de infância.
Nunca mais tinha comido ou sequer alguma vez tinha feito. Resolvi experimentar fazer as papas doces e foi uma agradável surpresa!

Papas doces de abóbora



Papas doces de abóbora

Ingredientes:
750g de abóbora descascada
1 chávena de açúcar
3 colheres de sopa de farinha Maizena
½ chávena de leite
casca de limão
canela

Preparação:
1.
Cozer a abóbora no mínimo de água. Escorrer e passar com a varinha. Adicionar o açúcar e a casca de limão e mexer.
2. Entretanto, numa chávena colocar a farinha e o leite e envolver bem. Depois, com cuidado e sempre a mexer rapidamente, adicionar este preparado à papa de abóbora. Deixar levantar fervura e cozinhar durante breves minutos, até a farinha prender.
3. Retirar a casca de limão e verter o doce para tacinhas. Polvilhar com canela.

04/12/2012

Doce de marmelo


Este ano, não fui a tempo de poder usar os poucos marmelos que se desenvolveram no quintal, pois estragaram-se rapidamente. Fiquei com uma mágoa, pois há já bastante tempo que sonhava fazer este ano, doce de marmelo.
Este fim-de-semana, para grande surpresa, encontrei ainda à venda no Jumbo marmelos com um aspecto óptimo. Comprei logo e fiz o dito doce com que me deliciei de seguida. Ficou óptimo! 

Doce de marmelo

Doce de marmelo

Ingredientes:
700g de marmelo descascado (comprei  1 Kg –> 4 marmelos)
300g de açúcar
raspa de 1 limão
2 paus de canela
água

Preparação:
1.
Descascar os marmelos e colocar numa taça com água para não oxidarem.
2. Partir em cubos e juntar o açúcar, a raspa de limão e os paus de canela. Colocar água até cobrir, para não pegar e fazer algum molho no final.
3. Deixar cozinhar cerca de 30 minutos e colocar em frascos, tendo retirado os paus de canela.

01/12/2012

Ervilhas estufadas com perú e ovo

Há algum tempo que não fazia ervilhas estufadas com carne e ovos. É um prato que adoro! Nesta altura do ano sabe mesmo bem. Este então, ficou divinal!

Para refrescar o sabor adocicado das ervilhas, acompanhei com uma salada de alface e rúcula.

Ervilhas estufadas com perú e ovo


Ervilhas estufadas com perú e ovo

Ingredientes:
1 pacote de ervilhas
3 cenouras às rodelas finas
1 cebola grande
6 dentes de alho
2 tomates grandes maduros
1 ramo de salsa
450 g de bifes de perú
3 ovos
azeite
sal
pimenta
noz-moscada
água qb

Preparação:
1.
Fazer um refogado com a cebola e o alho picados e azeite.
2. Juntar os bifes de peru partidos em pequenas porções e mexer até estarem cozinhados de um lado e do outro (3-4 minutos).
3. Adicionar o tomate sem pele, partido em pequenas porções, a cenoura e as ervilhas.
4. Juntar os temperos e água até cerca de 1 dedo abaixo do nível das ervilhas.
5. Deixar levantar fervura e adicionar a salsa.
6. Cozinhar até as ervilhas estarem cozidas.
7. Fazer 3 covas na superfície das ervilhas, do tamanho de uma colher de sopa, com cuidado para não as esmagar e deitar nelas os ovos partidos, com cuidado para a clara não se espalhar. Tapar e deixar cozer 10 minutos se quiser a gema cozida ou menos tempo se quiser a gema crua.
Servir com uma salada de alface e rúcula.

28/11/2012

Sopa de couve, cenoura e abóbora porqueira

Fiz mais uma sopa boa para esta altura do ano. Reconfortante, quente, saborosa. A couve lombarda não demora muito a cozer e fica muito tenra. Confere às sopas um sabor óptimo, que me faz lembrar as do tempo dos meus avós em panela de ferro ao lume...
Que rica sopa!

Sopa de couve, cenoura e abóbora porqueira


Sopa de couve, cenoura e abóbora porqueira

Ingredientes:
1 repolho de couve lombarda (cerca de 500g)
3 cenouras
½ de uma abóbora cerca de 750g
1 cebola
3 dentes de alho
massa macarroneta qb
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Lavar e arranjar os vegetais. Colocar numa panela 2 cenouras, a abóbora, a cebola e os alhos partidos em pequenas porções.
2. Cobrir de água e temperar com azeite e sal. Cozer durante 15 minutos e passar com a varinha mágica.
3. Colocar o repolho cortado às tiras, a cenoura restante em rodelas e a massa macarroneta.
Deixar cozer mais 15 a 20 minutos e está pronta.

21/11/2012

Sopa de alho francês, abóbora, courgette, cenoura e espinafres

Com este tempo frio a chegar apetece mesmo uma sopa quente e reconfortante. Ainda restam algumas courgettes (colheita da horta), que se têm aguentado muito bem sem necessidade de frigorífico. Convém ir gastando as abóboras Rouge Vif d'Étampes que não aguentam tanto tempo como as Butternut. Os restantes vegetais vou colhendo na horta. As cenouras é mais difícil porque os ratos não deixam nada.
Enfim, um pouco de cada e como resultado, uma sopa de chorar por mais!

Sopa de alho francês, abóbora, courgette, cenoura e espinafres


Sopa de alho francês, abóbora, courgette, cenoura e espinafres

Ingredientes:
1 alho francês
½ abóbora (usei Rouge Vif d’Étampes) (quantidade equivalente a uma courgette grande)
1 courgette grande
3 cenouras
1 molho de espinafres
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Lavar e preparar os vegetais. Parti-los em pequenas porções e colocar numa panela. Cobrir de água e adicionar um fio de azeite e sal.
2. Cozer cerca de 15 a 20 minutos e passar com a varinha mágica no final.

Filetes de corvina panados


É sempre saudável comer peixe. A maneira como é confeccionado, pode ajudar ainda mais a não consumir excesso de gorduras e a obter um prato igualmente saboroso.
Fazendo o peixe numa sertã com um fio de azeite, consegue-se isso. 
Tinha umas tranches de corvina congeladas e achei que panadas e cozinhadas desta forma, iriam ficar muito bem. E ficaram!

Filetes de corvina panados


Filetes de corvina panados

Ingredientes:
1 pacote de tranches de corvina
1 limão
pão ralado
queijo parmesão ralado
alho em pó
sal refinado
pimenta branca moída na hora
noz-moscada
3 colheres de sopa de azeite

Preparação:
1.
Cortar as tranches de corvina em fatias de cerca de 1 cm de espessura e colocar a marinar com o sumo de limão.
2. Em seguida, preparar o substrato para envolver os filetes. Juntar ao pão ralado uma colher de sopa de queijo parmesão ralado, 1 colher de sobremesa de alho em pó, sal refinado, pimenta branca moída na hora e noz-moscada.
3. Envolver as tranches de corvina neste preparado e colocar numa sertã anti-aderente aquecida com o azeite no fundo. Deixar cozinhar 3 minutos de cada lado. Virar com cuidado, para o preparado de pão ralado não se destacar do peixe.
Servir com uma salada e arroz ou massa.

Farofa


Hoje, fiz farofa! É um acompanhamento óptimo, não apenas para a feijoada mineira. Faço com alguma frequência, para acompanhar pratos de carne ou de peixe. Adoro!

Farofa

Farofa

Ingredientes:
2 chávenas almoçadeiras de farinha de mandioca
sal refinado
alho em pó
pimenta branca moída na hora
noz-moscada
louro em pó
azeite

Preparação:
1.
Colocar um fio de azeite no fundo de uma sertã anti-aderente e deixar aquecer. Adicionar a farinha de mandioca e os temperos.
2. Ir envolvendo em lume brando durante cerca de 10 minutos, sem deixar queimar. Está pronta.

16/11/2012

Sopa de couve-flor, courgette e feijão branco

A couve-flor é uma boa fonte de cálcio na nossa alimentação. Nem sempre encontro com facilidade à venda. Com ela, podemos fazer uma grande variedade de receitas. A sopa é uma delas! É só puxar pela imaginação. Tentei colocar vegetais de tonalidade mais parecida com a da couve-flor, para ficar uma sopa diferente. Ficou uma delícia!

Sopa de couve-flor, courgette e feijão branco

Sopa de couve-flor, courgette e feijão branco

Ingredientes:
500g de couve-flor
1 frasco de vidro de feijão branco cozido
1 courgette
1 cebola
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Descascar a cebola, lavar e arranjar a couve e a courgette (não tirei a casca). Colocá-los numa panela, partidos em pequenas porções e adicionar o feijão. Cobrir de água e juntar sal e azeite.
2. Deixar ferver cerca de 25-30 minutos e passar com a varinha mágica.

Salada de beterraba, rúcula e queijo

Começam a escassear os vegetais para fazer saladas, na horta. Já está frio para as alfaces se desenvolverem com rapidez e assim, há que idealizar alternativas. Como ainda tenho beterrabas e rúcula na horta, fiz uma salada com estes ingredientes e adicionei queijo para ficar mais apetitosa.

Salada de beterraba, rúcula e queijo

Salada de beterraba, rúcula e queijo

Ingredientes:
6 beterrabas
1/2 embalagem de rúcula (usei da minha horta)
1/2 embalagem de queijo Philadelphia para saladas
azeite
vinagre balsâmico
orégãos

Preparação:
1.
Dispor a rúcula num prato e colocar a beterraba, previamente cozida durante 5 minutos, partida em pequenas porções em cima e finalmente o queijo partido em pequenos cubos.
2. Temperar com um fio de azeite,  vinagre balsâmico e polvilhar com orégãos.



Arroz de tentáculos de pota

Encontrei à venda tentáculos de pota cozidos, congelados. Resolvi experimentar fazer um arroz com eles. Tenho sempre algum receio de fazer pratos de polvo ou pota por poderem ficar duros. Neste arroz, como a pota já estava cozida, juntei-a ao arroz apenas no fim, para não endurecer.
Aconselho vivamente a fazerem assim.

Arroz de tentáculos de pota


Arroz de tentáculos de pota

Ingredientes:
1 embalagem de tentáculos de pota cozidos
1 cebola
3 dentes de alho
3 tomates médios
1 chávena de arroz extra-longo vaporizado
azeite
sal
pimenta

Preparação:
1.
Refogar a cebola picada e o alho em azeite. Juntar o tomate sem pele, partido em porções.
2. Juntar o arroz e deixar fritar por breves minutos. Finalmente adicionar a água a ferver e os temperos. Deixar ferver cerca de 15 minutos.
3. Juntar a pota e envolver. Está pronto.

14/11/2012

Chuchus recheados com carne picada

Esta é uma altura em que se encontram chuchus à venda com facilidade . Por acaso, tinha ainda 3 na arca frigorífica, que tinha congelado já preparados para rechear. Pois bem, com uma carne de porco picada, molho branco por cima e queijo ralado ficou excelente!
Acompanhado com arroz de rama de cebola e ervilhas ficou delicioso. 
Às vezes, quando se tem mais tempo, vale a pena fazer uns cozinhados diferentes. O retorno em satisfação, compensa largamente!

Chuchus recheados com carne picada

Chuchus recheados com carne picada

Ingredientes:
3 chuchus
1 embalagem de aprox. 450g de carne de porco picada
1 cebola
4 dentes de alho
0,5 l de leite
2 colheres de sopa de manteiga (ou margarina própria para cozinhar)
3 colheres de sopa de farinha
0,75 cl de vinho branco
queijo ralado qb (usei mistura 3 queijos)
azeite
sal
pimenta
noz-moscada

Preparação:
1.
Descascar os chuchus e parti-los ao meio, retirando a zona central (parte germinativa) e cozê-los.
2. Fazer um refogado com o azeite, cebola e alho picados e juntar a carne picada. Adicionar o vinho e os temperos e deixar cozinhar.
3. Dispor num tabuleiro de ir ao forno com um fio de azeite no fundo, as metades dos chuchus e colocar por cima a carne picada, tentando que não caia para os lados. Reservar.
4. Fazer o molho branco, colocando num tacho a manteiga e aquecer. Quando estiver derretida juntar a farinha e mexer rapidamente para não pegar. Quando estiver envolvida, adicionar aos poucos o leite e mexer até estar homogéneo. Só depois se acrescenta mais um pouco de leite repetindo o procedimento até terminar. Ir mexendo sempre até o molho engrossar.
5. Verter sobre os chuchus com a carne e por fim, espalhar o queijo ralado e noz-moscada.
6. Levar ao forno a gratinar.

Arroz com rama de cebola e ervilhas

Encontrei uma cebola esquecida no meio das ervas na horta. Tinha rejuvenescido e estava linda, com folhas verdes carnudas. Pensei logo no arroz que iria poder fazer com ela.
Realmente as folhas da cebola ficam muito bem no cozinhados! Dão cor e sabor.
Juntei uma lata de ervilhas e ficou com aspecto óptimo. 

Arroz com rama de cebola e ervilhas

Arroz com rama de cebola e ervilhas

Ingredientes:
1 cebola
3 dentes de alho
rama de 1 cebola
200g de ervilhas cozidas
1 chávena de arroz extra-longo vaporizado
azeite
sal
pimenta
noz-moscada

Preparação:
1.
Fazer um refogado com o azeite, a cebola e o alho picados. Juntar a rama da cebola partida em pequenas porções e deixar cozinhar mais uns minutos. Acrescentar o arroz e deixar fritar 2 ou 3 minutos, mexendo para não pegar.
2. Adicionar a água a ferver e as ervilhas escorridas. Juntar os temperos e deixar cozer 15 minutos, em lume brando, tapado.

Sopa de grão e nabiças

Não me canso das sopas, nem das sopas de nabiças! Nesta altura há muitas, com folhas viçosas e tenras. Há que aproveitar enquanto estão boas!
Com grão fica uma sopa óptima. Come-se um prato e tem que se repetir!

Sopa de grão e nabiças

Sopa de grão e nabiças

Ingredientes:
4 cenouras
1 cebola
1 courgette
1 frasco de vidro de grão cozido
1 molho de nabiças (pode usar folhas de nabo greleiro temporão)
3 dentes de alho
 1 chávena de esparguete partido em porções de aprox. 3 cm
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Numa panela colocar 2 cenouras, a courgette, a cebola, os alhos lavados e cortados em pequenas porções e metade do conteúdo do frasco de grão.
2. Deixar ferver cerca de 15 minutos e passar com a varinha mágica.
3. Juntar as cenouras restantes, cortadas em rodelas finas, o grão inteiro, o esparguete e as folhas de nabiças lavadas e ripadas.
Deixar ferver cerca de 15 minutos e está pronta.

12/11/2012

Tarte de sobras de carne


Com as sobras de carne, que não por si só não são suficientes para uma refeição, podemos, com mais alguns ingredientes, fazer uma tarte para a família  e assim fazer obter uma refeição deliciosa, muito apreciada por todos. Foi o que fiz com as sobras de bifes de perú com cebola e tomate que tinham sobrado de uma refeição anterior.

Tarte de sobras de carne

Tarte de sobras de carne

Ingredientes:
Massa:
2 e ½ chávenas almoçadeiras de farinha
150g de margarina Becel Culinária
água
Recheio
restos de bifes de peru com cebola e tomate
½ alho francês
2 cenouras
1 cebola
molho da carne com restos de cebola e tomate

1 chávena de chá de leite
3 ovos
2 colheres de farinha Maizena
Queijo parmesão ralado

Preparação:
1.
Para a massa, envolva a farinha com a margarina e finalmente um pouco de água de modo a envolver tudo e a massa se poder despegar facilmente das mãos. Deixe repousar.
2. Para o recheio, cozinhe num tacho o alho francês, a cenoura partida às rodelas finas, a carne partida em pequenas porções, o molho da carne e 1 cebola picada.
3. Forre uma forma de tarte com a massa e disponha o preparado anterior no fundo.
4. Bata os ovos com o leite e a farinha e deite sobre o recheio da tarte.
5. Por cima, polvilhe com queijo parmesão ralado.
6. Leve ao forno pré-aquecido durante 30 a 40 minutos. Verifique a cozedura com um palito.
Está pronta.

10/11/2012

Abóboras Table Queen assadas no forno


Experimentei pela primeira vez fazer abóbora assada no forno, mas abóbora Table Queen, uma variedade de abóbora Heirloom (antiga), muito usada nos Estados Unidos.
Trouxeram-me sementes de lá e produziram bem na horta. Algumas já estavam a ficar laranja, pelo que, antes que se estragassem, resolvi experimentar.
Não é bem o que estamos habituados, mas o sabor é bastante agradável e diferente do das variedades habituais no nosso país.
Enfim, uma experiência a repetir.

Abóboras Table Queen assadas



Abóbora Table Queen assada com uma noz de manteiga e açúcar a polvilhar


Abóbora Table Queen assada no forno

Ingredientes:
4 abóboras Table Queen

Preparação:
1. Partir uma das abóboras em talhadas e as outras ao meio. Colocar num recipiente de ir ao forno, em cima de 1 folha de papel vegetal.
2. Assar no forno, até estarem cozidas (quando se espetar um garfo, não oferece resistência).
3. Para acompanhamento, borrifar com azeite e orégãos

4. Para sobremesa juntar 1 noz de manteiga e açúcar polvilhado por cima.

Risoto de camarão, ervilhas e rúcula

No fim de semana passado, resolvi fazer risoto. É um prato que por si só pode servir de refeição. Fica sempre excelente.
Tinha uns camarões congelados e estava mesmo a apetecer uma refeição um pouco mais consistente.
Sabe bem curtir um bom jantar, ao som da chuva lá fora no aconchego da casa.
Acompanhado com nabos greleiros cozidos e abóbora assada, ficou uma combinação a repetir.

Risoto de camarão, ervilhas e rúcula

Risoto de camarão, ervilhas e rúcula

Ingredientes:
1 chávena de arroz para risotto
1 cebola
3 dentes de alho
1 lata de 200g de ervilhas cozidas
50g de rúcula cultivata
300 g de camarão descascado
0,70 cl de vinho branco
azeite
sal
pimenta
noz-moscada
queijo Farmesan ralado
água ou caldo de legumes

Preparação:
1.
Fazer um refogado com azeite, cebola e alho picados. Juntar o camarão descascado e deixar cozinhar alguns minutos.
2. Juntar o arroz e envolver bem no azeite e no refogado. Deixar fritar 3 ou 4 minutos, mexendo para não pegar.
3. Adicionar o vinho e deixar até evaporar.
4. Em seguida, ir juntando água a ferver ou caldo a ferver, até cobrir o arroz e deixar cozinhar, até a água estar incorporada no arroz. Entretanto, adicionar também a rúcula e as ervilhas.
5. Adicionar mais água por mais 2 ou 3 vezes e quando o arroz estiver cozido, juntar queijo parmesão ralado e envolver.
6. Servir de imediato, polvilhando por cima com queijo.

Sopa de abóbora, cenoura e nabiças


É tempo de nabos greleiros, nabiças e nabos. Estão verdinhos, tenros e muito apetecíveis. 
Tenho aproveitado ao máximo! Nas sopas, em esparregado, no arroz ou simplesmente cozidas.

Uma sopa com base de abóbora e as folhas de nabiças a aparecer, faz com que individualizemos bem os sabores, não tornando a sopa toda a saber ao mesmo, ou seja, a nabiças. A cenoura dá-lhe um toque mais adocicado. E as massas com a sua textura macia completam o quadro! Hummm... que bom que ficou!
Como já disse, adoro sopas!

Sopa de abóbora, cenoura e nabiças

Sopa de abóbora, cenoura e nabiças

Ingredientes:
1 abóbora média (usei Rouge Vif d'Étampes) com aprox. 500g
1 cebola grande
2 cenouras
1 molho de nabiças (usei nabo greleiro temporão especial)
½ chávena de massa meada partida ou esparguete partido
azeite
sal
água

Preparação:
1. Lavar os vegetais e legumes. Descascar e limpar de sementes a abóbora e colocá-la aos cubos numa panela, com a cebola descascada e partida. Cobrir de água e juntar azeite e sal. Ferver aproximadamente 15 minutos.
2. Reduzir a sopa a puré.
3. Adicionar as cenouras partidas às rodelas finas, a massa meada partida e as folhas de nabiças ripadas (sem o pecíolo grosso da folha). Deixar ferver mais 15 minutos e está pronta.

05/11/2012

Bifes de peru com cebola e tomate


Os bifes de peru confeccionados deste modo, ficam sempre óptimos. É um modo rápido e fácil de ter uma refeição muito saborosa. O tomate e a cebola em abundância fazem um molho excelente!
Com um arroz branco e feijão verde cozido a acompanhar, foi uma delícia.

Bifes de peru com cebola e tomate

Bifes de peru com cebola e tomate

Ingredientes:
1 embalagem de bifes de peru (aprox. 500g)
1 cebola grande
3 tomates grandes
3 dentes de alho
água qb
azeite
sal e pimenta

Preparação:
1.
Colocar azeite a cobrir o fundo de um tacho, cebola partida às rodelas, alho picado e os bifes. Por cima o tomate sem pele, partido em pedaços. Temperar com sal, e pimenta branca moída na hora.
2. Tapar e deixar cozinhar lentamente, mexendo ocasionalmente.

Broas de batata dos Santos


Por altura do Dia de Todos os Santos, gosto de fazer algum tipo de broa desta época, relembrando a tradição. Adaptei uma receita que encontrei no blog Chocolate, pimenta e maracujá e que me pareceu fácil e relativamente rápida. Realmente saíram muito bem!

Broas de batata dos Santos
Broas de batata dos Santos

Broas de batata dos Santos

Ingredientes:
500g de batata (as de polpa branca são melhores para este fim)
500g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
½ chávena de leite
1 chávena de açúcar
raspa de 1 limão
2 ovos
passas de uva sem grainha
nozes partidas
sal
1 colher de café de erva-doce
1 colher de café de canela

Preparação:
1 . Cozer as batatas em água e sal e passar pelo passe-vite. Juntar a farinha, o fermento, a raspa de limão, a erva-doce e a canela em pó e envolver.
2. Adicionar o leite, os ovos, o açúcar e mexer tudo muito bem.
3. Finalmente juntar os frutos secos e tentar distribuí-los bem na massa.
4. Em seguida, polvilhando as mãos e a parte superior da massa com farinha, divida-a em duas porções e faça uma bola com cada uma delas, tentando que a massa não adira às mãos, ajudando, se necessário, com um pouco mais de farinha. Colocar em tabuleiro ou prato de ir ao forno, polvilhado com farinha.
5. Deixar cozer cerca de 40 minutos.

Não adicionei a canela nem a erva-doce, mas ficaram excelentes. Usei um prato anti-aderente de fazer pizzas e couberam lindamente. Cresceram muito bem. Sinceramente não esperava que saíssem tão bem com este fermento em pó!



31/10/2012

Couve-galega com feijão-frade e alheira

Este é um prato que gosto de fazer no Outono e no Inverno. O frio lá fora e o aconchego da lareira, pedem refeições reconfortantes. A couve-galega cortada fina, como para o caldo verde, fica excelente cozida e adicionada de feijão frade. Uma alheira, dá o retoque final!

Couve-galega com feijão frade
Couve-galega com feijão frade e alheira de Lamego

Couve-galega com feijão-frade

Ingredientes:
1 embalagem de couve-galega cortada fina (caldo verde)
1 frasco de vidro de feijão-frade cozido
água
sal

Preparação
1.
Cozer a couve com um pouco de sal
2. Quando estiver cozida, juntar o feijão e deixar aquecer alguns minutos.
3. Escorrer para uma travessa e servir.

Alheira de Lamego na frigideira

Preparação:
1. Numa sertã anti-aderente, colocar um fio de azeite e aquecer ligeiramente. Colocar a alheira, tapar com testo e deixar cozinhar 5 a 10 minutos em lume brando. Virar com cuidado para não rebentar e deixar estar mais 5 a 10 minutos em lume brando, tapado.

Salada de beterraba

Já tenho beterrabas boas para colher na horta.
A beterraba é um vegetal muito nutritivo, pois além de todas as vitaminas e sais minerais que contém, é uma boa fonte de ferro. As folhas por vezes usadas na forma baby em saladas, não devem ser consumidas com muita frequência pois contêm grandes quantidades de oxalato de cálcio, que é muitas vezes um dos componentes dos cálculos renais (pedras nos rins).
A raiz não tem este inconveniente tão acentuado e consequentemente vai-se usando cá em casa com mais frequência.
Já há alguns dias que as tenho vindo a avaliar para poder colher. Há 2 semanas, colhi as primeiras e como não tinha mais ingredientes cá em casa simplifiquei e fiz esta salada! Ficou muito bem!

Salada de beterraba



Salada de beterraba

Ingredientes:
beterrabas
azeite
vinagre balsâmico
orégãos
água e sal

Preparação:
1. Descascar e lavar as beterrabas. Cozê-las partidas ao meio num pouco de água com sal, durante 5 minutos.
2. Deixar arrefecer e partir em pequenas porções para o recipiente onde irão à mesa. Por cima, colocar um fio de azeite, alguns borrifos de vinagre balsâmico e orégãos.

30/10/2012

Sopa de cogumelos, courgette e cenoura


Continuando nas receitas com cogumelos, lembrei-me de fazer uma sopa diferente da receita típica com cogumelos. Ficou original e com um sabor excelente. Com este tempo de Outono, apetece mesmo um manjar destes a fumegar! Que maravilha...

Sopa de cogumelos, courgette e cenoura

Sopa de cogumelos, courgette e cenoura

Ingredientes:
1 embalagem de cogumelos frescos tipo champignon
1 courgette grande
4 cenouras médias
1 cebola
¾ de chávena de esparguete partido
sal
azeite
água

Preparação:
1.
Lavar e cortar os vegetais. Colocar numa panela 2 cenouras, ¾ dos cogumelos, a cebola e a courgette.
2. Cobrir com água, adicionar azeite a gosto e sal. Deixar ferver até os vegetais estarem cozidos.
3. Reduzir a sopa a puré com a varinha mágica.
3. Adicionar as 2 cenouras restantes partidas às rodelas finas, os cogumelos que sobejaram às fatias finas e a massa esparguete partida em bocados de aproximadamente 3 cm. Deixar ferver mais 15 minutos e está pronta.

Cogumelos salteados com cebola e alho

Com a chegada do Outono, aparecem os cogumelos. É altura também de lembrar a época, com alguns pratos com este ingrediente tão saboroso e nutritivo. Logo para começar, uma entrada!

Cogumelos salteados com cebola e alho


Cogumelos salteados com cebola e alho

Ingredientes:
1 embalagem de cogumelos frescos
1 cebola
4 dentes de alho
azeite
sal
pimenta

Preparação:
1.
Laminar os cogumelos e colocar num tacho, onde previamente se colocou azeite a cobrir o fundo, a cebola e o alho picados, sal e pimenta.
2. Colocar em lume brando com o testo e mexer de vez em quando, até os cogumelos terem libertado água. Deixar apurar alguns minutos. Servir como entrada.

26/10/2012

Carne de porco com castanhas


É Outono e já apetecem castanhas! Com este tempo chuvoso, as árvores em tons amarelo e vermelho, que bom uma comidinha reconfortante! Já apetecia um prato de carne com castanhas e foi o que fiz!

Carne de porco com castanhas

Carne de porco com castanhas

Ingredientes:
500g de febras de porco, partidas às tiras
500g de castanhas congeladas
25 cl de vinho branco
3 cenouras às rodelas
cebola picada
6 dentes de alho
azeite
sal
louro
pimenta
noz-moscada
hortelã-pimenta picada para polvilhar

Preparação:
1.
Cortar a carne às tiras finas e colocar a marinar 
pelo menos 1 hora, com o vinho e os alhos picados.
2. Fazer um refogado ligeiro com o azeite e a cebola e em seguida juntar a carne. Ir mexendo, até perder a cor de carne crua.
3. Juntar o restante líquido, as cenouras cortadas às rodelas, as castanhas e os temperos.
4. Deixar cozinhar em lume brando, com testo, para apurar.
5. Servir polvilhado com hortelã-pimenta picada.



24/10/2012

Creme de alface, abóbora porqueira e cenoura

Quando não há muito tempo, uma sopa em creme é o mais rápido e fácil. Esta levou poucos ingredientes, mas ficou excelente. Tinha algumas alfaces para consumir rapidamente e a abóbora na sopa já apetece com este tempo. A abóbora porqueira não tem um sabor tão activo como a abóbora menina e portanto, não se sobrepõe ao sabor dos outros ingredientes. Pessoalmente, prefiro. Quentinha, fumegante, que maravilha!

Creme de alface, abóbora porqueira e cenoura


Creme de alface, abóbora porqueira e cenoura

Ingredientes:
2 alfaces pequenas ou uma grande
abóbora porqueira em quantidade semelhante à de 2 courgettes
3 cenouras médias
1 cebola
3 dentes de alho
azeite a gosto
sal
água

Preparação:
1.
Lavar os vegetais, parti-los em pequenas porções. Colocar os vegetais numa panela, cobrir de água e juntar azeite e sal. Deixar ferver durante cerca de 15 minutos.
2. Passar com a varinha mágica e está pronta.

22/10/2012

Roupa velha

O que fazer com as sobras de bacalhau ou mesmo de outro peixe cozido e os respectivos acompanhamentos cozidos? A "roupa velha" é um prato típico português muito apreciado, onde se podem usar estas sobras. Deste modo, rentabilizam-se os recursos de uma forma rápida, económica e muito saborosa.
Foi o que fiz ontem. Ficou muito bom.

Roupa velha

Roupa velha

Ingredientes:batata cozida
cenoura cozida
½ pacote de bacalhau desfiado pré-demolhado
3 dentes de alho
1 cebola
4 ovos
1 ramo de salsa picado
pimenta
sal
azeite

Preparação:
1.
Partir para uma taça as batatas e as cenouras em pequenas porções, desfiar o bacalhau previamente cozido em lascas, picar os dentes de alho, a cebola e a salsa. Bater os ovos e adicionar ao preparado anterior. Envolver.
2. Numa sertã anti-aderente, colocar um pouco de azeite no fundo, aquecer e deitar o conteúdo da taça. Ir envolvendo, até os ovos estarem cozinhados.

19/10/2012

Sopa de feijão branco e nabiças


Com este tempo chuvoso e o regresso do frio apetece uma sopa quentinha, com mais vegetais. Está de volta o Outono!
Como já há nabiças e nabos greleiros muito tenrinhos, estavam mesmo a apetecer numa sopa reconfortante.
Esta ficou mesmo boa! Até apetece comer mais...

Sopa de feijão branco e nabiças

Sopa de feijão branco e nabiças

Ingredientes:
1 courgette média sem casca
igual quantidade de abóbora
1 frasco de vidro de feijão branco
1 cebola
2 cenouras
1 molho de nabiças ou nabo greleiro (folhas)
uma chávena de chá de massa meada partida
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Lavar os vegetais e parti-los em pequenas porções. Colocar os vegetais numa panela à excepção das cenouras, das nabiças e de metade do frasco de feijão, cobrir de água e juntar azeite e sal. Ferver aproximadamente 15 minutos.
2. Reduzir a sopa a puré.
3. Adicionar a cenoura partida às rodelas finas, a massa meada partida, o feijão que se tinha reservado e as folhas de nabiças partidas. Deixar ferver mais 15 minutos e está pronta.

15/10/2012

Pataniscas de delícias do mar

As delícias do mar reservam-nos um manancial de utilizações possíveis, lembrando marisco, mas muito económicas. Nestes tempos de crise é um recurso óptimo que não devemos desperdiçar.
Desta feita fiz umas pataniscas de delícias do mar que ficaram óptimas, acompanhadas de um arroz de nabiças que já há bastante nesta altura do ano.

Pataniscas de delícias do mar


Pataniscas de delícias do mar

Ingredientes:
1 pacote pequeno de delícias do mar
2 ovos
10 colheres de sopa bem cheias de farinha
1 chávena de leite
1 cebola
4 dentes de alho
1 ramo de salsa
sal
pimenta
azeite para fritar

Preparação:
1.
Bater bem os ovos inteiros. Adicionar o leite e mexer bem. Juntar a farinha para fazer um polme líquido, mas com alguma consistência.
2. Adicionar cebola picada, salsa picada, alho picado e as delícias partidas cada uma em 5 a 6 porções, consoante o gosto.
3. Temperar com sal e pimenta e envolver.
4. Fritar em sertã anti-aderente, com um pouco de azeite no fundo, colheres cheias deste preparado (cada colher cheia dá uma patanisca). Virar quando estiver frita de um lado. Cuidado para não deixar queimar. Deixar repousar em seguida em papel absorvente, para retirar o excesso de gordura.

10/10/2012

Lulas com tomate e cenoura

Hoje fiz lulas para variar. Foi relativamente rápido e fácil e ficaram tenras e muito saborosas. Todos gostaram cá em casa. O aspecto, lindo!

Lulas com tomate e cenoura



Lulas com tomate e cenoura

Ingredientes:
2 pacotes de lulas com tentáculos
2 cenouras
1 cebola
1 tomate maduro
5 dentes de alho
azeite
sal
louro
pimenta e noz-moscada

Preparação:
1.
Cozer as lulas num pouco de água durante 10 minutos.
2. Juntar a cebola picada, os alhos picados, a cenouras partidas às rodelas, o tomate partido, o azeite e temperar com sal, louro, pimenta e noz-moscada.
3. Deixar cozinhar cerca de 15 a 20 minutos e está pronto.
Atenção que por vezes as lulas, já trazem sal.

Arroz de courgette

Como ainda tenho courgettes a produzir na horta, lembrei-me de mais uma utilização óptima para elas: no arroz. 
Deve-se colocar a courgette só quando se põe a água, para ficar pouco cozida e com o sabor mais evidente. Embora não seja um risotto, um pouco de queijo parmesão ralado por cima também fica muito bom.



Arroz de courgette

Arroz de courgette

Ingredientes:
1 courgette
1 cebola
3 dentes de alho
azeite
1 chávena de arroz (usei extra-longo vaporizado)
2 chávenas de água
sal
pimenta e noz-moscada

Preparação:
1. Refogar num pouco de azeite a cebola e o alho picados
2. Juntar o arroz e deixar fritar mexendo com frequência, até ficar translúcido.
3. Adicionar a courgette partida às rodelas e a água a ferver. Colocar os temperos e envolver.
4. Deixar ferver em lume brando, tapado, cerca de 15 minutos.

09/10/2012

Ratatouille


Este, é um prato típico francês. Agora que há destes legumes em abundância, fica relativamente económico. É muito nutritivo em termos de vitaminas, sais minerais e anti-oxidantes. Uma boa refeição ou acompanhamento, pouco calórico. A mistura de sabores destes vegetais resulta muito bem.

Ratatouille

Ratatouille

Ingredientes:
2 cebolas
2 tomates
1 courgette
1 beringela grande ou 2 pequenas
1 pimento vermelho (pode-se usar também verde e amarelo para dar mais cor)
1 ramo de salsa
6 dentes de alho
azeite
sal
pimenta

Preparação:
1.
Colocar um pouco de azeite no fundo de um tacho e colocar em camadas sucessivas, cebola cortada em meias luas, courgette partida em rodelas, tomate em pedaços, pimento em tiras, pedaços de beringela, alho picado, salsa, sal e pimenta. Repetem-se as camadas, até gastar os vegetais. Mais um fio de azeite por cima.
2. Ferve em lume brando, tapado, sem mexer, até os vegetais estarem cozidos.

27/09/2012

Sopa de courgette, nabiças, rama de cebola e cenoura

Adoro sopa. Ainda tenho algumas nabiças na horta e algumas cebolas que não formaram bolbo e que mantive na terra, para ir usando a rama. Ficou uma sopa com um sabor diferente, dado pela nabiça, mas não muito intenso, pois os outros ingredientes também se identificaram.
A cor, este verde agradável e convidativo.
Acho que vou comer mais um prato de sopa...

Sopa de courgette, nabiças, rama de cebola e cenoura
Sopa de courgette, nabiças, rama de cebola e cenoura

Ingredientes:
1 courgette grande
1 molho de nabiças
3 cenouras
3 pés de rama de cebola
azeite
água
sal

Preparação:
1.
Lavar os vegetais, parti-los em pequenas porções. Colocar os vegetais numa panela com o feijão, cobrir de água e juntar azeite e sal. Ferver até os vegetais estarem cozidos.
2. Passar com a varinha mágica e está pronta.

26/09/2012

Folhados de alheira de Trás-os-Montes

Aqui está uma receita rápida que se pode fazer quando temos pouco tempo. Tinha massa folhada de compra congelada e uma alheira de Trás-os-Montes. Foi só esperar alguns minutos que a massa descongelasse (é rápido porque é fina). Abrir o pacote, desenrolar e mãos à obra. No forno é rápido e assim ficamos com um prato com este enchido óptimo, que apetece mesmo nesta altura do ano.

Folhados de alheira de Trás-os-Montes

Folhados de alheira de Trás-os-Montes

Ingredientes:
1 embalagem de massa folhada
1 alheira de Trás-os-Montes

Preparação:
1. Desenrolar a massa folha e cortar rectângulos de 15cm de comprimento e 5 cm de largura aproximadamente. Cortar em seguida pequenas porções da alheira (cerca de 3,5 cm), à qual se tirou a pele e colocar uma no meio de cada tira massa. Dobrar a massa ao meio e colocar num tabuleiro anti-aderente ligeiramente polvilhado com farinha.
2. Vai ao forno aproximadamente 40 minutos 

24/09/2012

Sopa de feijão branco, courgette, cenoura e rúcula

Com a entrada do Outono e a chuva e vento no fim-de-semana, apetece mesmo uma daquelas sopas de antigamente, quentes e reconfortantes. Foi isso que fiz ontem para o jantar. A chuva era intensa, o vento também e a sopa soube às mil maravilhas! O Outono também trás coisas boas. A chuvinha para apagar os incêndios, a rega para as nabiças e outras verduras, as cores quentes da vegetação, enfim...coisas boas!

Sopa de feijão branco, courgette, cenoura e rúcula

Sopa de feijão branco, courgette, cenoura e rúcula

Ingredientes:
2 courgettes sem casca
1 cebola
1 embalagem de vidro de feijão branco cozido
3 cenouras médias
1 pacote de rúcula cultivata
3 dentes de alho
esparguete
azeite
sal
água

Preparação:
1.
Lavar os vegetais, parti-los em pequenas porções. Colocar os vegetais numa panela à excepção de uma cenoura, da rúcula e de metade do frasco de feijão, cobrir de água e juntar azeite e sal. Ferver aproximadamente 15 minutos.
2. Reduzir a sopa a puré.
3. Adicionar a cenoura partida às rodelas finas, a massa esparguete partida em porções de aproximadamente 3cm, o feijão que se tinha reservado e as folhas de rúcula partidas. Deixar ferver mais 15 minutos e está pronta.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...